quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

QUEEN ELIZABETH - ARTIGO DE OPINIÃO


QUEEN ELIZABETH
Caros Amigos.
Muito já foi dito sobre a importância do Novo Terminal de Cruzeiros de Leixões, a importância que o mesmo causou sobre a nossa Cidade de Matosinhos e sobre o nosso país.
Na passada semana atracou pela primeira vez no Porto de Leixões o moderno e luxuoso paquete “QUEEN ELIZABETH”.
Foi o maior navio a atracar no nosso porto, com os seus ostentosos 294 metros e arrastando cerca de 89,500 toneladas, o potente paquete tem capacidade para receber cerca de 2.092 passageiros, é de facto um luxuoso hotel flutuante.

Gostava de ter visto logo aquando da chegada do paquete, a actuação dos ranchos típicos que existem no nosso concelho.
Gostava de ver presentes os nossos industriais conserveiros dando um pequeno presente, o qual pode ser a próxima oportunidade de negócio para os mesmos.
Gostava de ver sobretudo animação, movimento e acção pelas ruas da nossa cidade.
Gostava de ver a nossa restauração actuando e fornecendo um pequeno guia gastronómico da nossa cidade.
Gostava de ver a nossa associação Industrial e Comercial de Matosinhos presente.
Gostava de ver Matosinhos em peso na recepção deste navio.

A inclusão destes programas deverá ser feito na origem e não quando o navio chega, por várias vezes tenho alertado que o Turista sobretudo o Europeu compra o seu pacote na origem , no seu país e o mesmo já inclui toda a actividade que o mesmo irá fazer na vista ao pais A ou B.
Assim faço um apelo aos agentes turísticos e autoridades Portuguesas, nomeadamente à CMM, para que se sentem à mesa, discutam e avancem para o objectivo comum.

O referido navio irá fazer uma segunda escala ainda este ano no nosso Porto de Leixões, vamos aproveitar este filão de negócio que se apresenta em franca expansão.
Sabemos que um projecto destes só pode existir num porto, mas claramente este não é só um projecto portuário, este é antes demais um projecto que visa reforçar o vínculo do nosso porto com a cidade de Matosinhos, com a Área Metropolitana do Porto e sobretudo com a nossa região.
A abertura da nossa cidade ao mar vai contribuir largamente para o melhoramento das condições ambientais da nossa frente litoral.
É reconhecido o valor que a nossa Autoridade Portuária APDL tem feito para os utilizadores do Porto de Leixões, esse valor está patente através de uma oferta adequada de infra-estruturas, uma elevada eficiência operacional, de recursos humanos qualificados e motivados, de uma prática de sustentabilidade e de segurança, ordenando e desenvolvendo o nosso espaço portuário e assegurando a adequada integração urbana.
O porto de Leixões e o seu terminal de cruzeiros é uma referência para todos nós, para todos os Matosinhenses, aproveitemos essa oportunidade, vamos todos reforçar as condições de integração urbana e de acessibilidade externa.
Até á próxima semana e se possível com mais uma navio de cruzeiro em Leixões.
(Artigo Original publicado no Jornal de Matosinhos).

3 comentários:

BERMAXO disse...

Seguro que disfrutaron con este espectacular barco saludos

Anónimo disse...

Caro amigo,
Subscrevo todas as propostas sugeridas, porque existe bastante para fazer e outro tanto para melhorar. Mas antes de tudo o mais gostaria de ver o terminal pronto, onde todas as propostas caberiam, com respeito e dignidade.
Cumprimentos,
Reinaldo

JOSÉ MODESTO disse...

Amigos.
O referido terminal, já entrou em obras a principal: O CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS DO MAR.
Será um imponente edificio que será a mais valia do novo terminal de cruzeiros.
Saudações Marítimas
José Modesto

Arquivo do blogue

PORTO DE LEIXÕES

PORTO DE LEIXÕES