quarta-feira, 2 de junho de 2010

ANGOLA - NOTICIAS



Apesar da perda do principal cliente - a brasileira Odebrecht – o grupo Orey viu a atividade de trânsitos em Angola crescer 732,2%, o que atenuou a redução do volume de vendas.
No setor da navegação, a Orey está presente em Portugal, Espanha e Angola, prestando diferentes tipos de serviços: Linhas Regulares, Trânsitos Marítimos e Aéreos, Agenciamento de Navios e Logística. A 31 de março de 2010, o volume de vendas destas áreas de negócio totalizava 7,9 milhões de Euros, o que representa um aumento de 23,4% relativamente ao mesmo período do ano anterior.
No segmento das linhas regulares as vendas e margem bruta aumentaram 121,7% e 54,8% relativamente ao mesmo período do ano anterior. Esta boa evolução está sobretudo relacionada com o facto de, no final de 2009, se ter introduzido uma nova linha, a Tarros Line, que permitiu a angariação de novos clientes e de novos tráfegos de importação.
Nos primeiros 3 meses do ano, a área de negócio dos Trânsitos aumentou a margem bruta em 32%, comparativamente ao mesmo período de 2009. Nos trânsitos marítimos, as vendas a março de 2010 tiveram um aumento de 33,6% relativamente a março de 2009, atingindo um montante 3,6 milhões de Euros. A margem bruta atingiu um montante de 0,3 milhões de Euros, significando um aumento de 29,8% face ao período homólogo de 2009.
Fonte: Cargo News

Arquivo do blogue

PORTO DE LEIXÕES

PORTO DE LEIXÕES