terça-feira, 24 de março de 2009

ABATE DE BARCOS FLORESCE NA ÍNDIA

Abate de barcos floresce na ÍndiaEste é um estaleiro de barcos em fim de vida que estão a ser desmantelados na região indiana de Alang, a oeste da cidade de Ahmedabad. A recessão económica global atingiu a indústria, desde a dos automóveis até aos bancos de investimento, mas numa pequena cidade da costa oeste da Índia o negócio está a florescer e os trabalhadores dificilmente conseguem dar resposta às solicitações. Em Alang, o maior estaleiro do mundo de abate de barcos, a principal fonte de rendimento é o desmantelamento destes monstros dos mares que estão a deixar de ter procura em tempo de crise.
Foto: Amit Dave/Reuters
Fonte: Público

4 comentários:

José Miguel Rocha disse...

O desmantelamento também significa novos navios , mais modernos...
sempre em prol do progresso!

JOSÉ MODESTO disse...

Amigo Miguel, para já significa CRISE, com as presentes frotas as mesma são excedente, a conjuntura Internacional pede contenção na construção de navios, se procurar no meu blogue vai reparar que um dos maiores bancos que financiava a construção de navios, cortou literalmente o crédito aos grandes investidores na contrução naval.

Façamos votos para que a crise seja curta e que a mesma não se prolongue por muito mais tempo.

Saudações Marítimas
José Modesto

José Miguel Rocha disse...

Amigo Modesto , será que a crise não esta empolgada em demasia,para proveito de alguns?
Se um banco esta em crise corta ao crédito, mas não aos salários astronómicos dos seus altos responsáveis!
Tirando o caso da AIG nos EUA poucos mais foram os que seguiram o exemplo...e tratou-se apenas de um bónus...
A verdade é uma , em crise, apenas se encontra um fosso , os ricos cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres... deixou de haver classe média...
Em relação aos navios, temos de ver que em termos logísticos e financeiros,no momento actual apenas navios de maior porte,fazem valer rentável o negocio , logo tb nestas alturas se percebam que existem excedente.

Que a "crise" passe depressa que bem precisamos , principalmente para a auto estima da população.

cumpz

JOSÉ MODESTO disse...

Caro Miguel grato pelo teu comentário, é bom vêrmos colegas a comentar as nossas noticias.
Já reparou concerteza que estamos a fugir um pouco ao nosso tema, o Shipping, em todo caso e falando óbviamente de Shipping os abates presentamente vão continuar, já que algumas frotas estavam demasiadamente velhas e algumas necessitavam de ser renovadas....agora que se faça a renovação, mas que não se constru-a monstros porque a conjuntura Internacional está em Crise e os Exportadores e Importadores estão a sentir na pele as consequências.

Volto a dizer, façamos votos para a crise passe depressa.

Saudações Marítimas
José Modesto

Arquivo do blogue

PORTO DE LEIXÕES

PORTO DE LEIXÕES