sábado, 6 de dezembro de 2008

TRÊS PROPOSTAS PARA AUTO-ESTRADAS DO MAR PORTUGAL-FRANÇA

O grupo de trabalho marítimo franco-português recebeu três propostas de manifestação de interesse para a criação de auto-estradas do mar entre Portugal e França, ligando os portos de Sines e Leixões a Rouen, Brest e Marselha.
Segundo disse hoje à Lusa a representante portuguesa do grupo, Lídia Sequeira, presidente da Administração do Porto de Sines (APS) e a responsável nomeada para as auto-estradas do mar em Portugal, foram entregues três propostas até dia 02 de Dezembro, seguindo-se um período de análise.
«Neste momento, temos três propostas de manifestação de interesse, através da ligação do porto de Rouen a Leixões, do porto de Brest a Leixões e do porto de Sines a Marselha. Se abrirmos depois um concurso público, mais largo, poderão ainda aparecer outras propostas», adiantou, no final da quarta reunião do grupo, que hoje decorreu em Sines.
O grupo de trabalho marítimo franco-português foi constituído em Abril para estudar as possibilidades de desenvolvimento de serviços das auto-estradas do mar com o objectivo de lançar uma iniciativa conjunta.
Depois das três primeiras reuniões, a última das quais em Paris, foram lançados, em Outubro, convites à «manifestação de interesse» e à apresentação de propostas para suscitar a emergência de projectos de auto-estradas do mar, de acordo com a Embaixada de França em Portugal.
O prazo para entrega de propostas terminou, em França, a 01 de Dezembro, e em Portugal, dia 02, devido ao feriado.
«Hoje trocámos informações sobre as propostas que recebemos aqui e em França», avançou Lídia Sequeira, explicando que o próximo passo é «analisá-las».
«Vamos trabalhar nas propostas e vamos colocar o seguimento dos trabalhos à consideração dos secretários de Estado dos Transportes de Portugal e de França», disse ainda.
Informação colhida através de / Text Copyrights: Diário Digital

2 comentários:

Ralf disse...

Caro José,
mas o quê è uma "auto-estrada do mar", um tipo de ferryboats for everyone ou trata de de um sistema de segurança para determinadas vias ?
Nunca ouvi falar nisso....
abraço
Ralf

JOSÉ MODESTO disse...

Caro Ralf Wocan,escrevi no meu blogue vários artigos some as Auto-Estradas do Mar.
A politica da União Europeia incentiva os armadores sobretudo os da classe Short-Sea (Transporte de curta distância)a apostar nos vários trajectos marítimos dando como exemplos: de Leixões para Le havre (frança) seguindo para Inglaterra ou Holanda. Esta Politica visa também descongestionar o transporte Rodoviário que polui mais do que o marítimo e além disso provoca mais acidentes nas nossas esctradas nas estradas da comunidade Europeia.

Pesquise no meu blogue na referida janela, vai vêr que encontra mais informação detalhada dobre as A.E.MAR.

Abraço
José Modesto

Arquivo do blogue

PORTO DE LEIXÕES

PORTO DE LEIXÕES