quinta-feira, 9 de julho de 2009

CISTERNA - TANK



Chega ao fim mais um Item Importante que durante dias coloquei no Blogue sob o tema Cisterna-Tank. No entanto não quero finalizar este tema falando de um assunto extremamente importante que é:
Higiene e Segurança no Trabalho.


A presente realidade sobre acidentes de trabalho no nosso país é deveras preocupante, duarante vários dias a comunicação Social relata factos preocupantes sobre a matéria de Higiene e Segurança no trabalho.
Para minimizar este flagelo, há que sensibilizar a nossa população os nossos trabalhadores para o cumprimento das normas de Higiene e Segurança no trabalho, já que muitas das nossas empresas ainda não a adoptaram infelizmente. É, de facto, uma realidade que tende a melhorar mas ainda temos um longo periodo e caminho a percorrer, sobretudo quando vemos a elevada taxa de acidentes nomeadamente no sector de Obras e Construção Civil a mais alta da União Europeia.
Faço um apelo aos nossos trabalhadores-empresas etc,etc.
- Não descurem no serviço do equipamento de segurança cedido pelas próprias empresas.
- Estejam atentos a todos os sinais de perigo e aletem, de imediato, os seus responsáveis.
- Denunciem as empresas que não cumpram as condições mínimas de higiene e segurança.
- Por fim não consumam bebidas alcoólicas em horário laboral.
Apelamos igualmente aos nossos empresários-gestores que pensem nos benefícios de uma boa gestão da segurança e higiene no trabalho. Curisamente os estudos comprovam que os investimentos aplicados terão um retorno imediato através de:
- Melhoria da eficiência e produtividade.
- Maior motivação entre os seus trabalhadores.
- Menor absentismo.
- Menor rotação dos trabalhadores
- Melhoria da qualidade no trabalho.
- Melhor imagem projectada da empresa no mercado.
- Menor prémio de seguro.
Convido-vos a pensar nos custos que os acidentes de trabalho podem acarretar para as nossas empresas:
- O tempo perdido com todas as questões administrativas que nos trazem uma perda de tempo, de produção e de negócios.
- Perda ou dano de produtos e matérias-primas.
- As reparações de equipamento e instalações.
- A substituição do trabalhador acidentado.
- Imaginem, o pagamento de coimas.
- Custos legais.
- A desmotivação dos trabalhadores e a consequente diminuição de produtividade.
- A perda de contratos, fundamentais para a empresa. etc.etc.etc.
Vamos todos fixar este lema:
PARA O FUTURO MELHORAR
COM SAÚDE, HIGIENE E SEGURANÇA
VAMOS TRABALHAR

4 comentários:

Augusto disse...

Este assunto é importantissimo,amigo Modesto.
Ao recuar no tempo,lembro-me de vários acidentes que motivaram morte e/ou incapacidade de Trabalhadores.
Temos evoluido,de facto em questões de Higiene e Segurança no Trabalho e nas Matérias movimentadas,em Cais ou a Bordo.
Temos no entanto que referir,para que se perceba,que o Trabalho/Operação Portuária envolve sempre riscos,senão vejamos:
1-O ttrabalho é executado em altura.(Vários tiers de containers ou carga geral).Perigo de queda.
2-Trabalho em altura mas nos Equipamentos (Pórticos ou Guindastes)onde o trabalhador está só e sob pressão de médias de carga ou descarga.
3-Trabalho em profundidade.(Navios graneleiros e ou carga geral,onde o trabalhador tem que descer aos Porões,por escadas sem Quebra costas/proteção,e na vertical.Muito perigoso e a idade avança.
4-Movimentação de cargas nocivas em que o trabalhador está sujeito a odores que desconhece,e derrames que por vezes não se avalia o Produto.

Há mais,mas julgo ser suficiente.
Refiro no entanto que se tem melhorado neste Assunto,há mais consciencia.

Espero ter contribuído para enriquecer este Tema.

Saudações Maritimas

Augusto

JOSÉ MODESTO disse...

Amigo Augusto, há sempre matéria para publicação.
Aqui temos um registo seu de grande Importancia, todos os pontos que referiu são importantissimos para o tema que referi no meu artigo.
Pensar que trabalhadores de Estiva...estão bem...ganham bem... é um Erro.
Os Bons salários não conpensam o esforço e o perigo constante a que os trabalhadores portuários estão sujeitos.
As operadores têm que facultarem os meios de segurança actuais para que as operações Portuárias se façam com segurança, evitando assim algumas situações que menciono no meu artigo.
PARA O FUTURO MELHORAR COM SAÚDE, HIGIENE E SEGURANÇA VAMOS TRABALHAR

Saudações Marítimas
José Modesto

Empregado Portuário disse...

Amigo Modesto, muito importante mesmo estas informações , muito perigosos quando vazios, pois a acumulação de gazes podem ser bombas autênticas, portanto tem de se ter muito cuidado ao manusealos, um abraço.

Farinha disse...

Já estou a ficar surpreendido com este excelente Blogue.
É caso para dizer! se o amigo Modesto não existisse tinha que ser inventado!
Aquela imagem publicada da Cisterna Tanque com a imagem do amigo José Modesto!!! bem colocada!
Continuações
Paulo Farinha

Arquivo do blogue

PORTO DE LEIXÕES

PORTO DE LEIXÕES